"Sente apenas e flui como uma pequena gota no oceano

Sem pensamentos, sem expetativas, sem desejar

Sente apenas e flui nesta vida, neste momento... o teu momento

Sente-o e sorri por dentro

E observa como tudo mudará à tua volta

Apenas porque te permitiste ser livre

Seres TU"

O Movimento Integrativo (MI) é um projeto de resgate da essência humana, de autoconhecimento e de desenvolvimento pessoal. Tem por base o caminho Yogui e alia diferentes recursos da Inteligência Emocional, da Arte Terapia e da Programação Neurolinguística.

Com foco em Mosha, a libertação, o entendimento do verdadeiro Eu, a proposta de MI é para entrar numa longa viagem de busca, observação, desconstrução, vazio e transformação, explorando a dualidade e limitações. É o sentir, o reconhecer e experimentar várias expressões, desde a dança, desenho, pintura, teatro, música, biblioterapia, cineterapia, waking dream therapy e outras vivências de insight terapêutico, para a liderança da própria vida.

Num sentido lato, o Movimento Integrativo abrange:

Comunidade Integrativa

Refere-se ao conjunto de pessoas que partilham um espaço físico próprio e definido para a comunidade, em que se vive a arte como terapia, onde se promove um modo de vida mais alternativo, mais natural e se abre portas a interessados neste movimento, para a realização de retiros e outro tipo de eventos.

Centro de aprendizagem

O Movimento integrativo define-se perante um público num trabalho devidamente estruturado e com objetivos específicos. Dependendo da sua duração, subdivide-se em:

– Sessões contínuas

Sessões regulares, individuais ou em grupo, atendendo aos objetivos definidos e ao trabalho a desenvolver, podendo ter uma duração específica ou variável.

– Retiro

Eventos de média duração – 2 ou mais dias – a realizar em diferentes pontos do país.

– Vivência

Sessão de curta duração – 1 hora, 1 tarde, 1 dia. Momento reflexivo, criativo e integrante, para a promoção do bem-estar do Ser, realizado em diferentes pontos do país.

– Palestra

Sessão de esclarecimento e aprendizagem sobre o projeto.

Em sentido restrito, o movimento integrativo refere-se às sessões do centro de aprendizagem, acompanhadas por um facilitador. Nestas, trabalha-se a respiração, a improvisação, a interação social e o modo reflexivo. Trabalha em diferentes planos, corpo físico, mental e emocional, servindo-se de técnicas ativas e expressivas, de relaxamento, de meditação, alongamentos, movimento consciente e autêntico, etc.


INTEGRA-te!!